G1 – Com meta de vestir manequim 40, paulistana emagrece 80 kg em 3 anos

Tathiana Carreira, de 36 anos, passou de 150 kg para 70 kg ao longo de 3 anos (Foto: Tathiana Carreira/Arquivo pessoal)Tathiana Carreira, de 36 anos, passou de 150 kg para 70 kg ao longo de 3 anos (Foto: Tathiana Carreira/Arquivo pessoal)

A paulistana Tathiana Aparecida Santos Carreira, de 36 anos, passou 7 anos de sua vida engordando. Durante esse período, frequentou vários médicos e nutricionistas. Nessas ocasiões, até conseguia emagrecer 2 ou 3 kg, mas no final engordava tudo de novo. Ela chegou a pesar 150 kg e tinha decidido fazer uma cirurgia bariátrica.

Mas, depois de perder 20 kg para poder se submeter ao procedimento, resolveu continuar emagrecendo só com reeducação alimentar e desistiu da cirurgia. Três anos depois, Tathiana já está 80 kg mais magra. Ela ainda pretende perder mais peso, mas já fica muito satisfeita com o que vê no espelho. “A felicidade de atingir a meta do emagrecimento não tem nada do mundo que pague. Passaria por tudo de novo”, diz.

Tathiana começou a ganhar peso quando fez um tratamento para engravidar, há algum tempo. Ela já tinha um filho, hoje com 20 anos, mas queria ter mais um bebê. “Fiz um tratamento com hormônios e acredito que isso tenha desencadeado”, conta. Sua alimentação também era desregrada: sempre repetia o prato, gostava muito de fast food, refrigerantes e doces em geral.

Raio-X de Tathiana Carreira (Foto: Bem Estar)

‘Você tem um rosto tão bonito’
O excesso de peso começou a incomodar quando percebeu que só conseguia comprar roupas em duas lojas especializadas em tamanhos maiores. Era comum ouvir comentários como: “Você tem um rosto tão bonito. Precisa emagrecer”. No campo profissional, não tinha coragem nem de se candidatar às vagas de emprego porque pensava que os empregadores iriam preferir pessoas mais magras do que ela.

Passou a frequentar vários médicos, mas nunca conseguia perder muito peso. E o ponteiro da balança sempre voltava a subir. Em uma de suas tentativas frustradas para emagrecer, chegou a engordar 10 kg durante um mês enquanto tomava um remédio receitado para diminuir seu apetite.

Foi a gota d’água. Decidida a fazer uma cirurgia bariátrica, ela se empenhou em emagrecer para poder se enquadrar no perfil do tratamento. “Quando vi que consegui emagrecer 20 kg em um ano, desisti da cirurgia. Pensei: ‘se consegui perder 20 kg, consigo mais’.”

Tathiana mudou sua alimentação. “Peguei um pouco de cada dieta que os nutricionistas já tinham me passado”, conta. O principal foi cortar, logo de cara, quase todo o açúcar do cardápio.  “Não ia mais a festas para não comer bolo, por exemplo”, conta. O segundo passo foi cortar as frituras e passar a cozinhar quase sem óleo.

Ela incluiu verduras, legumes e verduras, que não costumava comer. E, no lugar do refrigerante, passou a tomar muita água. Ela decidiu também limitar a quantidade de comida depois das 18h. Depois desse horário, passou a comer só frutas.

Sem fôlego
Quando pesava 150 kg, Tathiana tinha dificuldade até para subir a escada de sua casa, que era um sobrado. Chegava a levar um dia inteiro para limpar e arrumar um só quarto porque tinha que fazer pausas frequentes para recuperar o fôlego. “A maior parte das coisas eu fazia sentada. Nunca ia para a praia de vergonha”, diz.

Hoje, ela faz caminhadas para se exercitar e não se cansa. Além disso, não tem mais vergonha do próprio corpo.

No almoço, carne grelhada, arroz, feijão e salada; no lanche, chá com biscoito: Tathiana Carreira eliminou fritura, refrigerante e doces de sua alimentação (Foto: Tathiana Carreira/Arquivo pessoal)No almoço, carne grelhada, arroz, feijão e salada; no lanche, chá com biscoito: Tathiana Carreira eliminou fritura, refrigerante e doces de sua alimentação (Foto: Tathiana Carreira/Arquivo pessoal)

Segundo ela, o impacto do emagrecimento em sua autoestima foi enorme. “Mudou tudo. Tenho satisfação em todos os sentidos. Me acho muito mais bonita hoje do que quando eu tinha 25”, diz.

Ao começar a emagrecer, seu principal objetivo era entrar no manequim 40. No auge de seu peso, chegou a vestir 58. Hoje, está perto de atingir a meta: veste 44. O segredo para se livrar de 80 kg? “Na minha opinião, tem que ter foco e força de vontade. Tem que comer para viver e não viver para comer. Não precisa comer uma coisa que você sabe que vai fazer tão mal.”

Tathiana pensou em fazer cirurgia bariátrica, mas desistiu quando viu que conseguiu perder 20 kg só com mudança alimentar (Foto: Tathiana Carreira/Arquivo pessoal)Tathiana pensou em fazer cirurgia bariátrica, mas desistiu quando viu que conseguiu perder 20 kg só com mudança alimentar (Foto: Tathiana Carreira/Arquivo pessoal)
Se, antes, Tathiana não conseguia nem subir a escada sem perder o fôlego, hoje ela caminha para todos os lugares sem dificuldade (Foto: Tathiana Carreira/Arquivo pessoal)Se, antes, Tathiana não conseguia nem subir a escada sem perder o fôlego, hoje ela caminha para todos os lugares sem dificuldade (Foto: Tathiana Carreira/Arquivo pessoal)

 

Fonte do Site

Postado por:
Luciana Bento

Deixe um Comentário...